Ciclos

Hoje, após treze meses, dou fim à fmk agro. Foram 54 artigos e 6.000 visitas. Fica a frustração do que poderia ter sido e o aprendizado de que dedicação é cláusula sine qua non para o sucesso de qualquer empreitada.

Finais, contudo, não são sempre tristes. Essa semana, vendemos a “joia da coroa” das fazendas da Massa Falida da Boi Gordo por R$ 317 milhões. Foram dois anos de trabalho de um grande time para transformar 135 mil hectares de terra em Comodoro, oeste do Mato Grosso, em um produto atrativo para investidores.

O sucesso desse projeto é um marco para a minha consultoria, a qual tenho o prazer de dividir o tempo junto ao Maurício Mendes, desde o início do ano. Nos conhecemos no último local que trabalhamos, o santo bateu, e quando nos desligamos dessa empresa a ligação foi natural.

A AgriPlanning Consultoria em Agronegócio tem como propósito impactar positivamente o agronegócio brasileiro, ao executar grandes ideias e construir relações duradouras. Gostamos de boas ideias, mas somos partidários da execução. O projeto Boi Gordo é a personificação disso.

Fim de um ciclo triste, outro feliz, início de tantos mais. O agronegócio é assim, uma safra atrás da outra, as vezes ‘boa’, outras ‘ruim’, todas com a única certeza de que trabalho árduo, diário, dedicado é a melhor forma de seguirmos tocando em frente.

Um sincero obrigado a todos os que de qualquer forma interagiram com a fmk agro. E fica aqui meu contato rodolfo@agriplanning.com.br e via Linkedin, por onde continuarei a escrever meus devaneios.

Grande abraço, 
Rodolfo Castro

Bom mesmo é ser um realista esperançoso

Bom mesmo é ser um realista esperançoso

Entender o Brasil é preciso de muito Suassuna. Acreditar no recém-eleito Maia, no provisório-presidente Temer e ministro-motosserra Maggi é otimismo por demais. Mas longe do diabo do todo-poderoso Cunha, ex-presidenta Dilma e ministra-motosserra Kátia Abreu.

Xeque: não misture política e xadrez

Xeque: não misture política e xadrez

Por essas semelhanças pessoas tendem a analisar política como xadrez. Algumas, que se veem como Grão-Mestres, acreditam antecipar acontecimentos distantes, em um jogo com quase nenhuma regra e, portanto, infindas possibilidades.Por essas semelhanças pessoas tendem a analisar política como xadrez. Algumas, que se veem como Grão-Mestres, acreditam antecipar acontecimentos distantes, em um jogo com quase nenhuma regra e, portanto, infindas possibilidades.